Biofertilizante

O chorume orgânico (biofertilizante) é um líquido escuro e inodoro extremamente nutritivo e concentrado que se forma pela infiltração da água carregando consigo nutrientes provenientes da matéria orgânica. O Biofertilizante pode ser utilizado de muitas maneiras para obtenção de vários benefícios como a adubação foliar e do solo, germinação de sementes, propagação vegetativa (estaquia) e como repelente natural para as plantas.
Para sua utilização na adubação deve-se diluir o chorume orgânico com água na proporção de 1/5 a 1/10 (1 parte de chorume para 5-10 partes de água) para melhor absorção dos nutrientes e para se evitar que as folhas fiquem queimadas devido ao excesso de acidez. Este líquido diluído nas proporções recomendadas pode ser aplicado diretamente ao solo durante a rega a cada 7-10 dias ou pode ser pulverizado sobre as folhas com ajuda de um borrifador com a mesma frequência (a cada 7-10 dias). Além da adubação, este método reduz o surgimento de pragas e repele insetos que destroem a planta.

Na EEB São João Batista, a produção de chorume foi um dos resultados do projeto Horta Escolar em 2013. O biodecompositor foi abastecido com as sobras da cozinha.

Este slideshow necessita de JavaScript.

fonte: http://omeujardim.com/ e EEB São João Batista (3652-2814, eebsjoaobatista@sed.sc.gov.br)
Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | 1 Comentário

Inseticidas naturais

CRAVO DE DEFUNTO

Algumas plantas atuam como repelentes naturais de insetos e, quando utilizadas nas proximidades de hortas, podem reduzir as infestações. Veja a seguir algumas indicações:

Alfafa – combate mosquitos
Alfavaca, manjericão branco – inseticida contra moscas e mosquitos
Angico - combate as saúvas
Anis ou erva-doce – repelente de traças
Arruda - inseticida de pulgões e cochonilhas sem carapaça
Cebola ou cebolinha verde – repele vaquinha e combate pulgões e lagartas
Chagas, capuchinho - repelente de nematóides
Chuchu – atrativo de lesmas e caracóis
Coentro – combate ácaros e pulgões
Cravo-de-defunto - neomaticida, repelente de pulgão e broca-de-tomateiro
Crotalária – combate nematóides
Eucalipto - folhas são inseticidas de grãos armazenados
Gergelim – contra saúvas, plantio ao redor das plantas
Gerânio - repelente de insetos na horta
Girassol - inseticida, repelente
Hortelã ou menta – repele formigas e ratos
Manjericão - inseticida em geral
Mamoeiro - ferrugem do cafeeiro
Nim – inseticida em geral
Pimenta - repelente de insetos
Samambaia - contra ácaros, cochonilhas e pulgões
Tomateiro – ação inseticida contra pulgões (folhas e tatos)
Tomilho – repelente de pulgas e percevejos
Urtiga – combate pulgões e fungos das plantas

fonte: http://www.auepaisagismo.com
Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | Deixe o seu comentário

Pequenas atitudes fazem a diferença

economia

Atitudes simples dentro de cada residência podem representar uma grande economia de consumo de energia elétrica. Veja se você já está fazendo sua parte:

- Troque as lâmpadas incandescentes por fluorescentes. Estas duram mais e utilizam menor quantidade de energia;

- Não deixe a luz acesa em cômodos desnecessariamente;

- Pinte as paredes internas e os tetos da casa com cores claras. Elas refletem e espalham a luz para todo o ambiente;

- Aproveite ao máximo a luz do dia deixando cortinas e portas abertas. Em caso de mesas de trabalho e de leitura, coloque-as próximas às janelas;

- Deixe os globos e lustres transparentes sempre limpos para aproveitar ao máximo a potência das lâmpadas;

- No caso dos aparelhos de ar-condicionado, mantenha os filtros sempre bem higienizados;

- Use o termostato do ar-condicionado para regular a temperatura e evitar a sobrecarga do aparelho

- Máquina de lavar roupa e ferro de passar consomem bastante energia. Portanto, tente usá-los quando houver bastante roupa acumulada para realizar o trabalho de uma única vez;

- Em dias secos, ao invés de usar umidificadores eletrônicos, coloque um pano úmido pendurado no recinto e uma bacia com água;

- Evite deixar aparelhos eletrônicos em stand-by. Apesar de desligados, esse modo pode representar um gasto mensal de até 12%;

- Evite colocar o fogão e a geladeira próximos um do outro. Eles podem interferir no consumo de energia;

- Mantenha a borracha de vedação da geladeira sempre em bom estado;

- Regule a temperatura da geladeira no inverno, ajustando o termostato para evitar desperdício de consumo, e não forre as prateleiras para não exigir esforço redobrado do eletrodoméstico;

- Quando viajar, desligue a chave geral da casa para não gastar energia com coisas desnecessárias.

fonte: http://www.atitudessustentaveis.com.br/

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Deixe o seu comentário

Pátria amada, Brasil!

A equipe do CEI Vila Nova começou a todo vapor o projeto deste ano para a Rede Ambiental. A horta, que teve resultados excelentes em 2013, terá um novo formato. Por unanimidade, foi escolhido o tema Copa do Mundo 2014 para motivar o início dos trabalhos. O assunto consumo consciente também está sendo abordado no decorrer das atividades. Já foram semeadas as verduras que vão preencher o novo canteiro.

Para aprofundar os conhecimentos sobre hortas orgânicas, alunos e professoras visitaram a Associação Municipal de Mulheres Horticultoras. A senhora Marilda Gelbecke forneceu explicações de fácil entendimento para as crianças, que ficaram maravilhadas com tudo o que viram e ouviram.

Este slideshow necessita de JavaScript.

fonte: CEI Vila Nova (3652-1124, ceivilanova@yahoo.com.br)
Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Deixe o seu comentário

Descarte esse hábito

destaque

Materiais descartáveis estão associados a conceitos como praticidade, higiene e baixo custo, mas itens como copos, pratos e talheres plásticos usados em larga escala, normalmente uma única vez, têm como destino final os aterros e os rios.

Pouco se recicla destes materiais, pois seu peso é pequeno, o volume é grande e normalmente eles estão sujos e precisariam ser limpos antes de serem reutilizados.

Um copo plástico pode levar mais de 100 anos para se decompor. É produzido a partir do petróleo, um recurso não renovável, e gera impactos desde sua fabricação até o transporte e o descarte.

Substituir estes materiais por utensílios de uso permanente ainda é a alternativa com menores danos ao meio ambiente.

fonte: http://www.bhaz.com.br/bons-motivos-para-nao-usar-copos-descartaveis/
Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Deixe o seu comentário

Dia Mundial do Meio Ambiente

“Celebre o Dia Mundial do Meio Ambiente! Seja organizando campanhas para a limpeza da sua rua ou promovendo iniciativas pela redução do desperdício de alimentos, dias sem carro, diminuição do uso de plástico, exibições de arte, movimentos de plantio de árvores, shows, recitais e apresentações de dança, iniciativas de reciclagem, campanhas online e competições — toda ação conta. Quando multiplicado por uma comunidade global, o impacto de nossas vozes e ações individuais se torna exponencial.” – Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.

Registre suas ações em http://www.unep.org/portuguese/wed

WED_2014_PO_L

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Deixe o seu comentário

Uma ideia ainda melhor

As lâmpadas incandescentes, menos duráveis e econômicas, gradativamente estão desaparecendo das prateleiras dos supermercados e lojas de materiais elétricos. Por instrução do governo federal, por meio de uma portaria assinada em 2010, lâmpadas que não atingirem a eficiência mínima serão banidas do mercado de acordo com o cronograma estabelecido (confira abaixo).

A substituição do modelo incandescente pelos fluorescentes e de LED reflete em economia a longo prazo e menor impacto ambiental, uma vez que o consumo energético é menor e a vida útil é bem maior. Compare, na imagem abaixo, os três modelos:

economialimpa51

Cronograma para que as lâmpadas incandescentes deixem de ser produzidas e vendidas:

Acima de 100W
30 de junho de 2012: fabricação e importação
30 de dezembro de 2012: comercialização (fabricante e importador)
30 de junho de 2013: comercialização (atacadista e varejo)

Acima de 60W (até 100W)
30 de junho de 2013: fabricação e importação
30 de dezembro de 2013: comercialização (fabricante e importador)
30 de junho de 2014: (comercialização atacadista e varejo)

Acima de 40W (até 60W)
30 de junho de 2014: fabricação e importação
30 de dezembro de 2014: comercialização (fabricante e importador)
30 de junho de 2015: comercialização (atacadista e varejo)

40W (e abaixo)
30 de junho de 2015: fabricação e importação
30 de dezembro de 2015: comercialização (fabricante e importador)
30 de junho de 2016: comercialização (atacadista e varejo)

fonte: zh.clicrbs.com.br e Revista Veja

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Deixe o seu comentário