Cada turma faz a sua parte

Diversas atividades estão acontecendo na EEB Antonio Blaskovski relacionadas ao projeto Horta Orgânica Escolar.

O 5º ano, orientado pela professora Leoni, pesquisou as plantas medicinais, seus nomes e efeitos. Da pesquisa resultaram um painel, exposto em sala de aula, e livros com receitas de chás, que também puderam ser degustados na escola.

O 3º ano, em atividade desenvolvida pela professora Erieli, debateu a importância do consumo de frutas no dia a dia, suas propriedades e vitaminas. Prepararam vitamina de frutas e um bolo para degustação.

Na horta, os alunos do 1º ano perceberam que as mudas estavam sendo atacadas por pássaros e resolveram construir um espantalho. Após sua instalação, já foram percebidos os resultados.

Durante um mês, foi realizada uma pesquisa com os alunos dos três turnos sobre a merenda escolar, com o objetivo de detectar os alimentos que menos agradam e os motivos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

fonte: EEB Antonio Blaskovski (8859-5711; 9139-4650, eebantonioblaskovski@yahoo.com.br)
texto: Rosemeri Engster
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.

Uma resposta a Cada turma faz a sua parte

  1. Lourenço M Foss Joenk diz:

    Vejo que em Itaiópolis os trabalhos estão a todo vapor muitas coisas estão sendo postas em práticas isso é muito bom desenvolve muito o lado criativo do indivíduo, diante de cada situação ou dificuldade sempre se busca uma solução, acabo de observar uma das situações encontradas por este grupo quanto ao que as aves estão causando nas plantas ( mudas ) fico feliz em saber que a decisão tomada não foi a de se eliminar as aves e sim a construção do espantalho temos ai uma situação de preservação do meio ambiente, isso deva ser trabalhado em conjunto na horta o equilíbrio no eco sistema. Então deixo aqui uma contribuição devido nós termos passado por este problema também, que em algumas situações o espantalho funciona até um certo momento após as aves se acostumarem com ele vão se aproximando aos poucos e nós aqui da Horta Comunitária Parque Douat descobrimos que ao esticarmos alguns fios de nylon a uma altura pequena do solo as aves não mais destruíram com as plantas, com isso contornamos a situação.

    Lourenço M Foss Joenk Coordenador Horta Comunitária Parque Douat – Joinville

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s