Recuperação da camada de ozônio

ozonio-1024x681

O relatório anual 2014 do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), divulgado em maio, destaca avanços significativos em investimentos de energias renováveis, principalmente em países em desenvolvimento, onde os recursos aplicados em energia limpa cresceram 36%.

Outro sinal positivo se encontra na notícia de que 15,4% das áreas de águas terrestres e fluviais e 3,4% do oceano do mundo são agora designadas como áreas protegidas, um reflexo do aumento da conscientização da necessidade de conservar os ecossistemas e a biodiversidade.

No topo das conquistas, encontra-se a confirmação de que a camada de ozônio está se recuperando e pode retornar aos níveis pré-1980 até a metade do século. Segundo o estudo, essa reversão ocorreu graças a ações tomadas para eliminar as substâncias prejudiciais à camada.

Foto: Flickr/Observatório da Terra da Nasa (CC)

Fonte: http://www.onu.org.br/

Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s