Dia Internacional para Preservação da Camada de Ozônio

post_3_preservar_camada_ozonio-675x360.jpg

Em 1985, cientistas anunciaram a existência de um imenso buraco na camada de ozônio da atmosfera sobre a Antártica. Responsável por proteger a Terra da maior parte dos raios ultravioleta emitidos pelo Sol, a camada de ozônio é fundamental para a manutenção da vida em nosso planeta. Sem ela, a Humanidade não conseguiria sobreviver.

Em 1987, o Protocolo de Montreal, assinado por 46 países, determinou o início de um esforço mundial para reduzir a emissão do CFC, responsável por dissipar a camada formada pelo gás que protege o planeta.

Quase 30 anos depois, cientistas anunciaram que o acordo mundial funcionou. Uma equipe liderada por Susan Solomon, do MIT, observa a camada de ozônio que cobre a região da Antártida desde 2000. Nesse período, a pesquisadora afirma que o buraco diminuiu mais de 4 milhões de km² e que já existem sinais visíveis de recuperação.

Neste dia 16 de setembro, temos motivos para comemorar!

fonte: http://exame.abril.com.br/ e http://oglobo.globo.com/

Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s